Tails a distribuição Linux que mantém você no anonimato

Tails é uma distribuição Linxu baseada no Debian GNU/Linux e roda em modo live (através de um USB ou DVD) com o objetivo não deixar rastros quando você se comunica pela internet e criptografar tudo que for possível. O slogan deste Linux é claro neste sentido: The Amnesic Incognito Live System. Amnésico, porque ela perde a memória de longo prazo e Incógnito porque ela oculta qualquer atividade de comunicação.

Mas até que ponto o Tails pode ser considerado seguro?

1)  Todas as conexões estão configuradas para usar a rede de anonimato Tor. Conexões diretas (ponto a ponto) são bloqueadas, já que elas podem revelar seu IP de origem;

2) A distribuição não usa o disco rígido da sua máquina (existem métodos para recuperar informações gravadas nele). O Tails grava os dados na memória RAM. Isto, na teoria, dificulta a recuperação de documentos extremamente sigilosos. Mas existem métodos custosos para recuperar dados da memória;

3) Criptografia por todo o sistema: criptografia do sistema de arquivos com o Linux Unified Key Setup (LUKS). Uso de HTTP com SSL em todos os sites que suportam, pelo plug-in HTTPS Everywhere. Comunicação via OTR (Off The Record). Limpeza dos arquivos com o Nautilus Wipe e criptografia das mensagens por e-mail com OpenPGP.

O Tails certamente não é o mais seguro, mas tem a capacidade de atingir um nível de segurança que podemos classificar como confortável – ou paranoico, dependendo do ponto de vista. Há uma lista dos tipos de ataques que a distribuição ainda não tem contra medidas.

A versão 0.18, lançada no dia 18 de maio deste ano, tem 861 MB de tamanho e sua assinatura – para validar o que você baixou. Para instalar em um pen drive, você pode instalar o Tails em um DVD e posteriormente rodar o Tails USB installer. Caso queira instalar através do Windows, os autores recomendam usar o aplicativo Universal USB Installer. Vale consultar a documentação oficial, em português, para não errar em nenhum passo.

 

fonte: http://info.abril.com.br/noticias/blogs/zonalivre/distribuicoes/conheca-o-linux-que-mantem-voce-no-anonimato/

Deixe uma resposta

VocÊ pode usar tags e atributos : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">