Categoria Sem categoria

Como testar servidor de DNS no Linux

Se você não fez uma configuração manual, seu Linux será configurado para utilizar o serviço de DNS oferecido pelo seu provedor de Internet ou pela sua empresa. Se você não está satisfeito com o serviço de DNS padrão, você pode considerar o uso de outros serviços de DNS público, como o Google DNS, OpenDns, etc. Mas antes de mudar para diferentes servidores de DNS você provavelmente vai querer saber e comparar a velocidade dos servidores DNS disponíveis para encontrar o melhor servidor para você.

Felizmente no Linux, existe uma ferramenta open-source chamada namebench que poderá ajudá-lo a encontrar os melhores servidores DNS para usar. O nomebench pode ser executado no modo de linha de comando ou no modo gráfico.

Veja como instalar namebench no Debian, Ubuntu ou Linux...

Ler mais ...

Como fazer placa vídeo Intel i915 funcionar no Backtrack 5 r2 ou r3 de forma simples

Tela de boot do Backtrack 5

O meu notebook é um Acer Aspire TimelineX 5820 com placa de vídeo Intel Graphics (i915) que funcionava perfeitamente no Backtrack 5 R1, quando saiu a versão do Backtrack 5R2  ao executar via live-cd o sistema funcionava, mas quando se instalava o SO no hd ao executar o startx a luz do Capslock ficava piscando e o equipamento travava, tentei fazer o upgrade do R1 para o R2 mas o problema persistiu. Como já tinha atualizado manualmente as ferramentas que mais uso não me preocupei com isso por um bom tempo.

Aí saiu a versão R3 e o problema já acontecia no live-cd mas, acreditava eu,  haveria algum modo disso ser resolvido e realmente tinha, alias esse post foi feito no próprio note rodando o Backtrack 5 R3.

Bom chega de bla,bla,bla… e vamos ao que interessa!
Os procedimentos abaixo...

Ler mais ...

Crack automático de redes Wireless com Backtrack (WEP, WPA/WPA2)

Você quer testar a segurança de uma rede WiFi sem ter muito trabalho? É facil ! Basta instalar Wiffy em seu BackTrack 5, sentar e relaxar.

Veja abaixo detalhes sobre a ferramenta:

Wiffy nada mais é do que um script bash para automatizar o processo de crack de uma rede WiFi. Suporta WEP , WPA/WPA2, filtragem de MAC e SSID oculto.

Como funciona ?

* Escaneia por redes wireless e salva os dados obtidos
* Configura a placa de rede
* Tenta detectar clientes conectados
* Inicia a captura de dados
* Dependendo do tipo da encriptação da rede wireless – inicia ataque de acordo com o tipo da rede.
*  Após dados serem coletados inicia o processo de quebra da chave WiFi

O que você precisa?
* o script bash: wiffy.sh
* uma placa wireless — que suporta modo monitor
* Dicionários/List...

Ler mais ...

Nova geração: para as crianças a revista é um tablet quebrado

As crianças de hoje em dia acham que o mundo gira em torno delas, que mensagens de texto prevalecem às conversas face-a-face e que revistas impressas são iPads ou outros tablets.

O que podemos dizer sobre isso ? Bem, sobre essa última parte: embora existam diversas histórias sobre crianças tentando ativar suas TVs tocando em suas telas, aparentemente, o mesmo princípio vale para objetos “não-elétricos”. Como o vídeo abaixo demonstra, para uma criança de 1 ano de idade, o iPad da Apple é algo que está literalmente em torno da vida dela.

Então ao invés de se surpreender com todas as coisas que um iPad pode fazer, essa criança se confunde com o que uma revista de papel pode não fazer !

Para nós,  que vivenciamos a evolução dos produtos, isso soa estranho, mas para as crian...

Ler mais ...